PARA MÉDICOS PARA PACIENTES
Central de Contatos: 71 3203.2200 Consultas e Exames: 71 3203.2222 WHATSAPP RESULTADOS DE EXAMES

Publicado em: 09 de dezembro de 2019

Novo Hospital Cárdio Pulmonar será inaugurado segunda-feira (9)

O novo Hospital Cárdio Pulmonar (HCP) será inaugurado nesta segunda-feira (9), às 19h. Na cerimônia, no térreo do hospital, na Avenida Anita Garibaldi, também será entregue a unidade da Oncologia D’Or, instalada no 9º andar. Com a expansão, o Cárdio Pulmonar consolida-se como referência no atendimento de média e alta complexidades.

O governador da Bahia Rui Costa, o prefeito de Salvador ACM Neto e os secretários Estadual e Municipal da Saúde, Fábio Vilas-Boas e Leo Prates, foram convidados para a solenidade, que contará com a presença de representantes das diretorias do Cárdio Pulmonar e da Rede D’Or, além de gestores da saúde, médicos, empresários, parceiros comerciais e representantes de operadoras e demais instituições de saúde.

Na cerimônia, o presidente do Conselho Administrativo do HCP, Francisco Peltier, a diretora-superintendente do HCP, Iolanda Peltier, e o presidente do Conselho da Rede D’Or, Jorge Moll, darão as boas-vindas e falarão sobre o novo momento do Hospital Cárdio Pulmonar.

Em seguida, gestores conduzirão convidados para visitas guiadas a alguns setores, incluindo unidades de terapia intensiva e semi-intensiva, internação, emergência, oncologia e centro cirúrgico.

Alguns destaques

· R$200 milhões de investimento da obra de reforma e ampliação;

· 249 leitos – Triplicou capacidade de atendimento, passando de 76 para 249 leitos;

· Criação de empregos: 400 empregos na primeira fase e haverá mais 350 contratações ao final do projeto, em abril 2020. Salta de 860 para 1.600 integrantes, representando crescimento de 86%;

· Área construída – Sai de 5 mil para 30 mil metros quadrados;

· Centro cirúrgico com dez modernas salas;

· Dez elevadores – sendo 1 com capacidade para 38 pessoas;

· Heliponto;

· Estacionamento com 300 vagas;

· Emergência com 7 consultórios até a fase final. Já em funcionamento: 3 de clínica geral, 1 cirurgia, 1 otorrinolaringologia. Próxima etapa: 1 ortopedia, 1 oftalmologia;

· Obra sustentável – executada dentro dos mais modernos critérios de respeito ao meio ambiente;

· Rampa de fuga conectando todos os 10 andares;

· Aquecimento de água com energia solar;

· Reaproveitamento de água para vaso sanitário;

· Sistemas de detecção e combate a incêndio;

· Cinco geradores com autonomia para 7 dias de queda de energia;

· Ano de fundação 1977 – 42 anos de atuação em assistência à saúde, com excelência.

· Principais novos equipamentos: Ressonância magnética 1,5T , tomografias computadorizadas 128 canais, Gama Câmara (medicina nuclear), Ecocardiografia 3D, Ultrassonografia e Rx digital

MAIS NOTÍCIAS