PARA MÉDICOS PARA PACIENTES
Central de Atendimento: 71 4020.2322 RESULTADOS ORÇAMENTOS COVID 19

Publicado em: 04 de agosto de 2020

Cárdio Pulmonar participa de estudo publicado em uma das maiores revistas médicas do mundo

Coalizão I foi publicado na New England Journal of Medicine e avaliou uso de Hidroxicloroquina e da Azitromicina em pacientes com Covid-19

O Hospital Cárdio Pulmonar (HCP) foi um dos 55 centros que participaram do estudo Coalizão I, recém-publicado na revista New England Journal of Medicine. O estudo avaliou o uso da Hidroxicloroquina versus Hidroxicloroquina mais Azitromicina ou tratamento padrão em pacientes internados por Covid-19 com quadros leves a moderados.

O estudo randômico e multicêntrico, que integra a série Coalizão Brasil para avaliar diferentes tratamentos em pacientes com Covid-19, avaliou 667 pacientes por um período de 15 dias e demostrou que “não houve vantagem no uso da Hidroxicloroquina isolada ou em associação com Azitromicina no status clínico dos pacientes”, como explicou o cardiologista Luiz Ritt, gestor de Treinamento, Ensino e Pesquisa do HCP.

“Desde o início da pandemia, diversos tratamentos têm sido aventados como promissores para o tratamento da Covid-19. Porém, mesmo no contexto de uma pandemia, estudos clínicos bem conduzidos são o caminho para se avaliar se um tratamento é ou não eficaz”, ressalta.

Para o coordenador do Serviço de Pneumologia do HCP, Marcel Albuquerque, “diante de uma pandemia de uma nova doença sem tratamento específico, a busca da terapia é algo natural. Porém, o uso de terapêutica sem comprovação de eficácia é temerário pela possibilidade de efeitos colaterais e pela falsa impressão de segurança que pode causar à população”, avalia o pneumologista, que está na linha de frente no atendimento a pacientes com Covid-19.

“Preferimos nos inserir em estudos clínicos para que pudéssemos utilizar medicamentos em fase experimental com toda segurança e monitoramento que os ensaios clínicos possuem. A participação do Cárdio Pulmonar no estudo foi de fundamental importância para nos ajudar a responder dúvidas, ainda presentes, sobre a melhor terapêutica específica para a Covid-19”, completa o médico, que também participou do estudo Coalizão I.

Outra pesquisa

A participação do Hospital Cárdio Pulmonar nesse estudo da New England reforça a inserção da instituição na realização de importantes de estudos clínicos mundiais no contexto da Covid-19.

“Nosso centro de estudos vem contribuindo para a consolidação de pesquisas junto com importantes instituições de saúde do mundo”, avalia Luiz Eduardo Ritt, acrescentando que o hospital está participando de um outro estudos, entre eles um outro braço do estudo Coalizão que avalia o uso da anticoagulação em pacientes com Covid-19.
O Coalizão I pode ser conferido aqui.

MAIS NOTÍCIAS