PARA MÉDICOS PARA PACIENTES
Central de Atendimento: 71 4020.2322 RESULTADOS ORÇAMENTOS COVID 19

O vírus e a doença << voltar

Última atualização: 28 de fevereiro de 2021 às 00:01


  • O que é o coronavírus?

    O Coronavírus é uma família de vírus que causa uma infecção respiratória leve em humanos, o resfriado comum. Entretanto, o novo Coronavírus, conhecido como SARS-CoV-2, causa uma doença potencialmente mais grave, evoluindo para pneumonia, insuficiência respiratória e até mesmo morte. Entretanto, a maioria dos pacientes apresenta quadro clínico leve.

  • Como é a doença causada pelo coronavírus atual (SARS-COV-2)?

    A doença causada pelo novo Coronavírus (SARS-COV-2) é conhecida como Covid-19. Os primeiros pacientes foram identificados na China no fim do ano passado, mas hoje já foram contabilizados mais de 6 milhões de casos confirmados em mais de 180 países.

    A doença é leve na maioria das pessoas e os sintomas mais comuns são congestão nasal, dor de garganta, dores no corpo, tosse e febre.  Alguns pacientes podem apresentar formas graves da doença associadas à pneumonia, causando falta de ar, redução da oxigenação e necessidade de hospitalização. Um percentual pequeno de pacientes pode morrer em decorrência da doença.

  • Como o vírus se espalha?

    O vírus se espalha de pessoa para pessoa a partir de gotículas geradas pela tosse ou espirro de algum doente. O vírus pode ser transmitido também pelo contato indireto, ao tocar pessoas infectadas ou superfícies contaminadas  – corrimão, maçaneta, etc – e levar a mão à boca, nariz ou olhos.

  • Por que toda essa preocupação se a doença é leve?

    São duas as razões principais:

    1. O fato de o vírus ser novo – não há imunidade contra ele – e alta capacidade de transmissão de uma pessoa para outra têm produzido um número muito elevado de casos da doença em um espaço de tempo muito curto, superando muitas vezes a capacidade dos sistemas de saúde de atenderem a essa demanda.
    2. O segundo motivo de preocupação é o grupo de pacientes mais vulneráveis. Apesar de mais de 80% dos casos de Covid-19 serem leves e muito semelhantes a um resfriado comum, pessoas idosas ou portadoras de doenças cardíacas ou pulmonares estão particularmente susceptíveis a desenvolver a forma grave.