PARA MÉDICOS PARA PACIENTES
Central de Atendimento: 71 4020.2322 RESULTADOS ORÇAMENTOS COVID 19

Cuidado com nossos integrantes << voltar

Última atualização: 28 de fevereiro de 2021 às 00:01


Neste momento, grande parte dos nossos esforços destina-se à proteção de nossos integrantes. Confira as medidas adotadas:

  • Todos os nossos integrantes receberam treinamento e orientação adicional para ampliar as medidas sanitárias preventivas:
    • Higienizar as mãos frequentemente com água e sabão ou usar álcool em gel;
    • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas. Cobrir o nariz e boca ao espirrar ou tossir;
    • Manter os ambientes bem ventilados (janelas e portas abertas, quando possível, isto também diminui o contato com maçanetas);
    • Usar EPI conforme orientação do SCIH / SESMT;
    • Higienizar superfícies antes e após da alimentação nas copas/ restaurante e no local de descanso, como reforço à higienização concorrente da equipe de governança.
  • Integrantes do grupo de maior risco:

    Comorbidades relacionadas a pior prognóstico – integrantes portadores são orientados a permanecer em isolamento.

    • Idade superior a 65 anos;
    • Insufiência Cardíaca Grave (FE <30%) ou durante descompensação aguda;
    • Doença Arterial Coronariana com sintomas (angina ou equivalente isquêmico);
    • DPOC Gold C e D / DPOC Gold A e B durante crise de descompensação aguda;
    • Asma “não controlada” ou durante descompensação aguda;
    • Diabetes mellitus durante episódio de descompensação (hiperglicemia>250mg/dL e/ou sintomas catabólicos) ou lesão de órgão-alvo;
    • Insuficiência renal crônica com creatinina base >3,0mg/dL;
    • Gestante com risco biológico;
    • Pacientes imunossuprimidos*.

    *Critérios de imunossupressão:

    – Neutropenia <1.000 PMN/mm3;

    – Neoplasias hematológicas com ou sem quimioterapia;

    – HIV positivo com CD< 350;

    – Uso de corticosteroides por mais do que 15 dias (prednisona > 40mg/dia ou hidrocortisona> 160mg/dia ou metilprednisolona > 32mg/dia ou dexametasona > 6mg/dia);

    – Outros imunossupressores;

    – Doenças autoimunes;

    – Imunodeficiência congênita.

    Comorbidades relacionadas a pior prognóstico – integrantes portadores são orientados a sair da linha de frente (emergência e unidades destinadas aos pacientes portadores de Covid-19)

    • Pneumopatia estruturais com perda de função pulmonar (CVF e/ou VEF1 abaixo do limite inferior da normalidade);
    • Asma persistente mesmo que compensada com uso de medicamentos diários para controle;
    • Fibrose cística;
    • DPOC independentemente do grau;
    • ICC FE 30 – 40% (ICC moderado).
  • Jovens aprendizes e estagiários:

    Jovens Aprendizes e Estagiários não podem realizar atividades presenciais, o trabalho remoto pode ser adotado, quando possível.

  • Reuniões, eventos e viagens:

    Foi suspenso temporariamente: viagens a trabalho, eventos presenciais com aglomeração de pessoas (ex. workshops, comitês, conferências, fóruns, etc.).

    Os treinamentos, fóruns e sessões clínicas presenciais foram temporariamente suspensos. As atividades poderão ser realizadas por videoconferência.

  • Divisão das equipes de trabalho, quando possível, para que não fiquem no mesmo espaço físico ou alternem os dias de trabalho para evitar afastamento coletivo.
  • Home office para todos administrativos, quando possível.
  • Avaliação da flexibilização nas escalas para evitar que integrantes usem transporte público em horário de pico, inclusive com possibilidade de redução da carga horária;
  • Recomendação formal para evitar temporariamente:
    • Contato físico, inclusive cumprimentos com mãos, abraços e beijos. Implementação do cumprimento japonês – o ojigi . O ato de se inclinar para frente é usado como forma de agradecimento, como pedido de desculpas ou quando se é apresentado a alguém. Expressa apreço e respeito a pessoa.
    • Reuniões presenciais: optar por ferramentas remotas de conferência (ex. Hangout, Zoom, Skype etc.); Se não puderem ser evitados, os encontros devem ter poucas pessoas (até 10), com distância entre participantes de cerca de 1,5 metro.
    • Circulação pela empresa: optar por contato por telefone, WhatsApp, e-mail etc.
  • Férias poderão ser adiadas de acordo com a necessidade da instituição.
  • Registro de ponto: substituição de biometria pelo uso do crachá. Essa ação está sendo estruturada.
  • Utilização de roupa privativa para integrantes que tenham contato direto com pacientes suspeitos em todas as unidades assistenciais.
  • Recomendação de banho após término do plantão para integrantes que tenham contato com pacientes suspeitos de Covid-19.
  • Ampliação dos horários de refeição, de modo a reduzir a aglomeração dos integrantes, atendendo à distância de 1,5m entre as pessoas.
  • As máscaras devem ser utilizadas, conforme recomendação do SCIH - Serviço de Controle de Infecção Hospitalar.
  • Ações para integrantes suspeitos de infecção:

    Integrantes com sintomas respiratórios (tosse, congestão nasal, dor de garganta febre, ausência ou diminuição do paladar e olfato e diarreia) devem permanecer em casa, informar à liderança e entrar em contato com a medicina do trabalho para triagem e orientação das medidas necessárias.

    Triagem sobre estado de saúde na chegada do serviço com verificação da temperatura e questionamento sobre sintomas mais recorrentes.

  • Sinalização de áreas identificadas como críticas para risco de aglomeração e contágio:

    Sinalização de áreas identificadas como críticas para risco de aglomeração e contágio, com mudança de layout e fluxos, como no restaurante de integrantes, confortos, copas, relógio de ponto, salas administrativas, postos de enfermagem, layout de salas de espera, limitação de integrantes por elevador, áreas de circulação de modo geral.

  • Telemonitoramento preventivo:

    Time de telemonitoramento preventivo e de contactantes de casos positivos: este time tem papel importantíssimo na avaliação dos integrantes com potencial de risco alto para Covid-19 e em seu afastamento precoce e preventivo, minimizando assim o risco de disseminação do vírus. Além disso, esse time reforça as medidas de prevenção, controle e acolhe os integrantes, encaminhando-os quando necessário para o serviço de psicologia.

  • Serviço de Acolhimento Psicológico:

    Disponível para todos os integrantes, com agendamento através da Medicina do Trabalho (71 3034-7143) ou junto ao nosso parceiro Faculdade Bahiana de Medicina (números disponíveis no procedimento).

  • Rondas executivas:

    Reuniões presenciais, em pequenos grupos, conduzida por  lideranças do Hospital Cárdio Pulmonar para conversar com os integrantes sobre a sua segurança e preocupações neste momento de pandemia.