PARA MÉDICOS PARA PACIENTES
Central de Atendimento: 71 4020.2322 RESULTADOS ORÇAMENTOS COVID 19

Atendimento de outras especialidades. Como fica? << voltar

Última atualização: 28 de fevereiro de 2021 às 00:01


Com a pandemia pelo coronavírus, foram implementadas importantes medidas de isolamento social e suspensão de atividades não essenciais.

No entanto, os serviços de saúde têm um papel fundamental no tratamento de outras patologias que também são responsáveis por idas à emergência, internações e procedimentos invasivos.

Diante deste cenário, o Hospital Cárdio Pulmonar adaptou os seus processos hospitalares visando o atendimento pleno aos acometidos pela Covid-19, sem colocar em risco os demais pacientes.

  • Atendimento na Unidade de Emergência
    • Ainda no primeiro contato do paciente com a nossa equipe, será feita triagem sobre sintomas respiratórios sugestivos de infecção por Covid-19 (febre, tosse, coriza, falta de ar). Neste momento, quando indicado, estes pacientes receberão máscaras de proteção.
    • Os pacientes identificados com sintomas respiratórios serão alocados em recepção destinada exclusivamente a este público e serão atendidos por equipe dedicada que utilizará equipamentos de proteção individual, conforme preconizado pelo Ministério da Saúde.
    • Os pacientes que não apresentam sintomas respiratórios serão avaliados e tratados por outra equipe e em ambiente separado.
  • Pacientes que necessitem de observação na emergência e/ou internamento
    • Os pacientes que necessitarem de observação na emergência e/ou internação serão alocados em unidades separadas conforme a suspeita diagnóstica, reduzindo, assim, a possibilidade de contaminação cruzada.
  • Pacientes com outras patologias

    Pacientes (e seus familiares) hospitalizados com outros problemas de saúde não permanecem na mesma unidade de internamento ou ocupam espaços por onde transitaram pacientes suspeitos de Covid-19.

  • Pacientes com suspeita de Covid-19
    • Pacientes com suspeita de Covid-19 e que necessitam de hospitalização são alocados em uma das unidades de internação exclusivas, UTI’s ou unidade de baixa complexidade, conforme a indicação clínica.
    • Quando necessário, estes pacientes transitam pelo hospital em um elevador também exclusivo e realizam exames de tomografia em um equipamento dedicado somente a eles.
    • Foram criadas equipes de profissionais de saúde na emergência e nas unidades de internação exclusivas para o atendimento de pacientes com sintomas respiratórios e suspeita de Covid-19.
  • Outras medidas gerais adotadas em todo o hospital
    • Ampliação dos pontos de álcool em gel e intensificação das campanhas de lavagem de mãos;
    • Ampliação da rotina de desinfecção de ambientes;
    • Destinação de elevador exclusivo para pacientes com sintomas respiratórios;
    • Utilização de máscaras, conforme recomendação do Ministério da Saúde;
    • Restrição do número de pessoas circulando;
    • Incentivo ao trabalho em home office para os setores que podem atender remotamente.