PARA MÉDICOS PARA PACIENTES
Central de Contatos: 71 3203.2200 Consultas e Exames: 71 3203.2222 WHATSAPP RESULTADOS DE EXAMES

Publicado em: 04 de setembro de 2019

Câncer de intestino: diagnóstico precoce aumenta chances de cura

O câncer colorretal é um dos que mais matam no Brasil. Dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) mostram 18.867 mortes causadas pelo tumor em 2017. Em 2018, foram descobertos 36.360 novos casos. “Apesar de perigosa, a doença tem mais chance de cura se diagnosticada logo no início, através da colonoscopia”, explica o coordenador do Serviço de Gastroenterologia do Hospital Cárdio Pulmonar, o gastroenterologista Allan Rêgo.

No mês da campanha de conscientização sobre o câncer colorretal, o Setembro Verde, o médico afirma que é preciso desmistificar o exame. “Muitas pessoas têm medo, mas, assim como a prevenção do câncer de próstata e mama, o de intestino merece atenção. O acompanhamento por meio da colonoscopia é muito importante para detectar lesões precoces e evitar que se transformem em malignas”, afirma.

O procedimento é feito após o preparo (limpeza) do intestino, utilizando-se uma medicação que induz diarreia. Esse preparo pode ser realizado ambulatorialmente (em domicílio) ou no hospital. “A colonoscopia deve ser realizada como um exame preventivo de rotina. Além dos pólipos, pode diagnosticar outras doenças intestinais, como divertículos e inflamações”, acrescenta o gastroenterologista.

As contraindicações estão relacionadas à idade e co-morbidades, outras doenças que o paciente possa ter que determinem maior risco que benefício na realização do exame, especialmente em relação ao preparo e sedação. O intervalo de tempo para se repetir a investigação depende do achado inicial, variando de um a dez anos.

Baseado no diagnóstico cada vez mais precoce de pólipos – lesões precursoras de câncer -, a recomendação é de que se inicie o rastreamento do câncer colorretal, a partir de 45 anos, com pesquisa de sangue oculto nas fezes, retossigmoidoscopia ou colonoscopia. A partir dos 50 anos de idade necessariamente o exame deve ser a colonoscopia. Em caso de sintomas antes dessa idade, o exame pode ter indicação mais precoce.

 

Principais indicações da colonoscopia:

 

– A partir dos 45 anos – rastreamento de pólipos ou tumores precoces;

– Dor abdominal;

– Sangramentos intestinais;

– Investigação de diarreia ou constipação;

– Doenças inflamatórias intestinais.

MAIS NOTÍCIAS