PARA PACIENTES

PARA MÉDICOS

História << voltar

old_ICPO Instituto Cárdio Pulmonar da Bahia foi inaugurado em 1977, com o objetivo de prestar atendimento clínico e de emergência em Cardiologia e Pneumologia. Tudo começou com uma parceria entre dois professores da Faculdade de Medicina da Universidade Federal da Bahia, o pneumologista Sócrates Guanaes Gomes (1934-1979) e o cardiologista João de Souza Pondé Neto (1934-2014).

 

Ao longo de sua trajetória, incorporou serviços e ampliou o leque de especialidades da medicina interna. Essa expansão permitiu ao Cárdio Pulmonar praticar o modelo de assistência integral, oferecendo ao paciente desde a prevenção até o tratamento de suas patologias, através do atendimento em consultórios, unidades de diagnóstico, internamento, cirurgia e emergência clínica 24 horas.

 

Em 2008, consolidou sua vocação de instituição especializada em cardiologia, inaugurou a Hemodinâmica, uma unidade de internamento especializada no cuidado ao paciente da área de cardiologia e o Serviço de Cirurgia Cardíaca. Além disto, ousou na implantação do Hospital Dia, seguindo uma tendência mundial na criação de centros cirúrgicos voltados à realização de procedimentos com reduzido tempo de recuperação.

 

E as mudanças não pararam por aí. O Cárdio Pulmonar entende que sua tradição médica é reciclada e aprimorada à medida que busca incorporar novas tecnologias e, sobretudo, planeja sistematicamente ações e serviços que atendam às necessidades dos seus clientes.

 

Com foco nessa constante melhoria no atendimento e em busca da satisfação dos clientes, em maio de 2012, o Cárdio Pulmonar inaugurou um moderno Centro Médico, também na Avenida Anita Garibaldi.

 

Em 2013, o Cárdio Pulmonar lançou sua nova marca. A logo foi totalmente reestruturada, com a supressão da palavra Instituto, reavaliação do modelo tipográfico e do símbolo, além da modernização do traço, que ganhou mais fluidez e exprime modernidade. O ícone representa o cuidado com as pessoas, feito de maneira integral, sistêmica e individualizada. Seu eixo criativo está firmado sobre a multidisplinaridade e a cooperação. Sua forma é contínua e dinâmica. Faz menção ao coração, como especialidade foco, mas sobretudo como atitude e valor. O projeto foi concebido pela APS Comunicação.

 

Agora, as próximas transformações contemplam o hospital cujas obras de reforma e ampliação foram iniciadas em 2016. A nova unidade, de alta complexidade nas áreas de cardiologia, pneumologia, neurologia e oncologia, será inaugurada em 2018, no mesmo endereço na Avenita Anita Garibaldi, e vai oferecer 232 leitos, além de gerar 900 empregos diretos.
Durante as obras, o Hospital Cárdio Pulmonar não sofrerá qualquer interrupção no atendimento. Uma estrutura, fluxo e acessos independentes foram criados para manter a unidade em pleno funcionamento, realizando os atendimentos com a mesma qualidade, segurança e humanização.