Central de Contatos: 71 3203.2200 Geral: 71 3203.2200 Consultas e Exames: 71 3203.2222 Consultas: 71 3203.2222

AVC – Tempo é Cérebro << voltar

avc1O sucesso do tratamento do AVC depende muito do tempo, quanto mais cedo o paciente chega à emergência maior a chance de sucesso.

A cada hora perdida no AVC isquêmico o cérebro perde 120 milhões de neurônios. A partir da admissão temos 60 minutos para decidir sobre a utilização de trombolíticos ou realização de cateterismo para restabelecer a irrigação adequada do cérebro. Lembre, quanto mais precoce maior o beneficio.

Nos AVC hemorrágicos o controle rápido da pressão arterial e o tratamento eficaz dos aneurismas podem diminuir as sequelas. Nosso compromisso no Cárdio Pulmonar é tratar o paciente no menor tempo possível, prezando os conceitos de segurança e qualidade.

 

O que é AVC?

O Acidente Vascular Cerebral, popularmente conhecido como “derrame” é o resultado de uma lesão nos vasos que irrigam o cérebro levando a perda de função como a fala, força e sensibilidade de um lado do corpo ou desequilíbrio.

Porque é importante saber sobre o AVC?

  • O AVC é a causa número 1 de incapacidade evitável em todo o mundo.

  • Uma em cada seis pessoas terá um AVC em sua vida.

  • 15 milhões de pessoas sofrem um AVC a cada ano. 6 milhões deles não sobrevivem.

  • A cada seis segundos alguém morre de um acidente vascular cerebral, em todo o mundo.

Tipos AVC

AVC isquêmico

É o mais comum (80%) causado pela obstrução dos vasos que irrigam o cérebro (trombose ou embolia).

 

tipo1

 

AVC Hemorrágico

Causado pela ruptura de um pequeno vaso dentro do cérebro ou de um aneurisma.

tipo2

 

 

Fatores de Risco

Hipertensão arterial, diabetes, colesterol elevado, tabagismo, obesidade, sedentarismo e apnéia do sono são fatores de risco para AVC isquêmicos e hemorrágicos. Devem ser diagnosticados e tratados para a prevenção de novos AVC.

 

 

Principais Causas de AVC Isquêmico

1A obstrução de artérias carótidas e vertebrais acarretam risco significativo de AVC;

2Fibrilação atrial é a principal arritmia associada a AVC isquêmico, os anticoagulantes são medicamentos eficazes para prevenção;

3Doença oclusiva de pequenos vasos é causada por hipertensão arterial.

 

 

Reconhecendo um AVC

Os principais sintomas de um AVC são:


  • Fraqueza, adormecimento ou paralisia da face, braço ou perna de um lado do corpo;

  • Alteração de visão: turvação ou perda da visão, especialmente de um olho; episódio de visão dupla; sensação de “sombra” sobre a linha da visão;

  • Dificuldade para falar ou entender o que os outros estão falando, mesmo que sejam as frases mais simples;

  • Tontura e desequilíbrio, falta de coordenação no andar;

  • Dor de cabeça súbita ou a pior dor de cabeça da vida.

Acompanhamento Médico

É necessário acompanhamento com seu neurologista após o AVC, ele orientará o controle de seus fatores de risco, o uso de medicações para prevenção, tratamento de complicações e reabilitação.

 

 

Reabilitação

Sua reabilitação começa no hospital e continua após a alta. Pergunte a seu médico o que será necessário fazer para alcançar a independência, pois em alguns casos poderá ser necessário o acompanhamento com fisioterapia, fonoaudiologia e terapia ocupacional.